Rota das Brasseries

Chef Ricardo Lapeyre lista as casas parisienses que inspiraram seu trabalho

No comando da única brasserie do Rio de Janeiro, a Brasserie Lapeyre, no Centro, o chef Ricardo Lapeyre é um especialista no assunto. Vive na conexão Rio-Paris desde os 17 anos, idade com a qual foi estudar hotelaria e gastronomia por lá. Aqui, lista com exclusividade para a GULA as sete brasseries de Paris que mais o inspiraram e que fazem qualquer viagem à capital francesa ainda mais gostosa. Diz onde encontrar a melhor sole Meunière, o foie gras mais impressionante ou o baba au rhum que nunca deixa de comer.

Brasserie Rech
Peixes de alto nível no Rech, de Ducasse

Rech

“Casa de Alain Ducasse especializada em frutos do mar. Nos meus tempos em Paris era chefiada por Jacques Maximin, um dos mitos da gastronomia francesa. Sem dúvida a melhor sole Meunière que já comi”.

62 Avenue des Ternes.

Le Relais Plaza

“Talvez a que mais me inspirou para conceituar a Brasserie Lapeyre. Uma brasserie ‘de luxe’ na mais perfeita definição, além de linda, com serviço impecável e comida mais impecável ainda! Nunca deixo de comer o baba au rhum!”.

21 Avenue Montaigne.

Brasserie Le Relais Plaza
Le Relais Plaza foi a maior inspiração para a Brasserie Lapeyre

Le Dome

“Endereço histórico da cidade e frequentado antigamente por Leon Trotski e Jean-Paul Sartre. Peixes fresquíssimos. Há uma peixaria com mesmo nome do lado!”

108 Boulevard du Montparnasse.

Brasserie Le Dome Paris
O La Dome é parte importante da história de Paris

Chez Georges

“Melhor carneiro! Vem em carrinho à mesa. Brasserie supertradicional, não tão pomposa, mas muito acolhedora”.

273 Boulevard Pereire.

Brasserie Chez George Paris
Ricardo aconselha o Chez George para o carneiro

Aux Lyonnais

“Talvez o restaurante de cozinha tradicional mais bem executada que já fui. Uma das casas de Ducasse. Nas duas vezes que passei por lá escolhi o menu do dia e não me arrependi”.

32 Rue Saint-Marc.

Brasserie Aux Lyonnais
O luxo tradicional do Aux Lyonnais

Chez Flottes

“Melhor croque monsieur de todos! Feito com pão poilane!”

2 Rue Cambon.

Brasserie Chez Flottes
No Chez Flottes é boa pedida o Croque Monsieur

Benoit Paris

“Pratos clássicos, receitas que não são mais vistas, molhos seculares. Uma inspiração para mim! Foie gras impressionante! Vale provar o patê en croûte!”

20 Rue Saint-Martin.

Brasserie Benoit Paris Alain Ducasse 5
Charme e pratos seculares no Benoit